Está de volta a azáfama!

0 76
Que bom é poder partilhar algumas ideias sobre o desporto no nosso concelho num veículo de informação que tanta atenção tem dado àqueles que tão poucas vezes tem as óticas das câmaras sobre si. Que continue o bom trabalho desenvolvido até aqui e será sempre com muito agrado que darei a minha visão da atualidade, sempre que solicitada.
Em tudo o que nos envolve temos o hábito de o tentar comparar ou relacionar a algo. No nosso concelho isso está bem presente quando pensamos na nossa realidade social, muito relacionada com o nosso enraizado movimento associativo. É natural e saudável olharmos para as nossas associações como algo natural (que está inserido no nosso dia-a-dia).
Essa é a realidade que merece ser relevada e preservada, atribuindo às associações a liberdade de trilhar o seu caminho.
Por estes dias, tem início os campeonatos distritais de futebol da AF Porto e, por arrasto iniciam as épocas desportivas a maioria das nossas associações desportivas. Desde as camadas jovens aos séniores, a azáfama dos treinos de segunda a sexta, o reboliço dos pais a acompanhar ao segundo a prática desportiva dos mais jovens, os jogos ao sábado e domingo, a maratona dos nossos dirigentes de campo em campo, as bifanas e as fêveras nas nossas bem afamadas “tascas do clube”, tudo isso está de volta. (E que bem que nos faz!)
Contudo, neste início de época desportiva nem tudo é bom, nem tudo é normal. Infelizmente, nesta época desportiva o nosso concelho conta com menos um clube. O Grupo Desportivo e Cultural de Carvalhosa não conseguiu garantir a inscrição de qualquer equipa junto da AF Porto. Certamente que no futuro os problemas serão ultrapassados e teremos de volta este histórico emblema do nosso concelho á prática desportiva. 
Que esta seja uma época cheia de sucessos para as nossas associações desportivas nestes campeonatos distritais. É tempo de acarinhar os nossos dirigentes, motivar os novos e não deixar quebrar este nosso tradicional e enraizado movimento associativo desportivo.

         Miguel Pereira

pode gostar também
Comentários
Loading...