Presença de público nos eventos desportivos é urgente

0 369

A Confederação do Desporto de Portugal continua a não compreender as razões que levam o Governo a não decidir a favor da presença de público nos diferentes eventos desportivos, com exceção da Formula 1.

Quando verificamos, e, frise-se, com o qual concordamos plenamente, que nos eventos culturais é permitido ter público, falamos de teatros, cinemas e, mais recentemente, nas touradas.

Porquê, a abertura de espírito demonstrada em relação à cultura, não é extensível a um fenómeno que tem também muito a ver com a cultura dos povos como o são as competições desportivas?

Autorizar a presença de público nos eventos desportivos é urgente.

A presença de público é importante na retoma do desporto não só pelo que eles representam no dia a dia da população imbuída de espírito competitivo como é também, tal como a Confederação do Desporto de Portugal apresentou mais de uma vez, fonte fundamental para a sustentabilidade de clubes e federações que vivem dias economicamente difíceis.

Autorizar o regresso de público é também um voto de confiança por parte do Governo às federações que estão mais que preparadas para assegurar todas as condições sanitárias no que diz respeito ao coronavírus.

Nesse sentido, e tendo em conta que o país retoma a sua normalidade, a Confederação do Desporto de Portugal apela ao Governo para que no próximo Conselho de Ministros tome a decisão de permitir a presença de público em todos os eventos desportivos, uma medida que peca por tardia e consideramos ser urgente implementar em nome da sustentabilidade do movimento associativo desportivo.

O movimento associativo é, sem dúvida, um elemento de extrema importância na estrutura do sistema desportivo nacional, apresentando um papel crucial no fomento da prática desportiva regular, contribuindo determinantemente para o processo de desenvolvimento desportivo, ao nível local, regional e nacional.

opraticante.pt/ Texto: Fundação do Desporto

pode gostar também
Comentários
Loading...