Análise dos lances do jogo: Freamunde vs Aparecida

0 764

O jogo da 1ª Jornada a contar para a Divisão de Elite , Serie 2, entre o Freamunde e o Aparecida, decorreu este domingo, e contou com uma boa arbitragem na partida.

Análise das decisões do árbitro:

⚠️Por motivos que nos são alheios não temos imagens para apresentar estes lances que nos parecem relevantes no jogo.

⚽️ 51′ minuto – após uma correta decisão do árbitro em assinalar uma falta simples junto ao Banco do Aparecida, o delegado do Aparecida Pedro Sousa, levantou-se e dirigiu-se junto da linha lateral com os braços abertos em claro protesto. O árbitro muito bem exibiu o cartão amarelo ✅

⚽️ 68′ minuto – Após a execução de alguns cantos seguidos por parte do Aparecida, eis que surge um remate do jogador Migas (n°9 – Aparecida) que vai em direção à baliza do Freamunde, sendo interceptado pelo jogador Xandão (n°3 – Freamunde). Ainda existiu contestação de uma possível mão e consequentemente possível pontapé de pênalti. O arbitro muito bem posicionado foi claro na decisão, deixou seguir jogo visto a bola ter sido interceptada pelo peito de Xandão. ✅

Conclusão:

Jogo com resultado incerto até ao final, disputado a um ritmo lento e sem a existência de casos de difícil análise. O árbitro Bruno Cunha desenvolveu um trabalho exemplar quer a nível técnico, quer a nível disciplinar, mantendo um critério bastante largo nas suas decisões. Considero uma “NOTA 5” na arbitragem.

Árbitro da Partida: Bruno Cunha

pode gostar também
Comentários
Loading...
Verified by MonsterInsights